sábado, 25 de janeiro de 2014

Lino


*google images

Lino, meu querido, esse cara ai lembra você.
E agora filho, já veio Rafael te buscar?
E a Santa Rita, meu filho?
E o São Francisco, aquele cara do bem?
E os raios de sol de Jesus, hein garoto,
esteve bem quente por aqui hoje...
E então, você precisa ir.
Então, saiba que amo você.
Amo tanto, que a minha voz foi toda,
no mar de lágrimas que deixei escorrer,
quando o doutor querido avisou que já era hora...
E aquele banho, hein Lino, você não tava aqui, filho
ia se impressionar com a chuva que caia caudalosa sobre sua mãe...
Não precisava sentir tanta dor,
mas é tanta, meu filho...
Eu lhe desejo a luz.
Um planeta lindo para onde você possa ir.
E quem sabe, você encontre os outros da nossa família lá...
Meu amor, ate breve, ate breve...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ensaios

baú patrimônio  imemorial oxidação teus passos meus passos abstinência arco e chifre olhos plácidos camisa alva e p...