quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

novo ciclo januário


Resultado de imagem para lua


12 de janeiro

A lua, prata, sensível
Murmura a canção do aceite
O verso, nesta noite, não quer ouvir
Rente à folha tímida
Desenha, a lua, o atlântico sul
Entre o embaraço e o desapego
Mais vale girar a fieira
Um alívio, descreve o pião
Impedir que execute o passo
Tanto pode ser inútil
Atraso
Simulação
Valsa sobre as ondas o baile argentino
Imitando o brinquedo gentil
Duas almas se tocam com neve
A música fala de girassóis
Súbita impressão de que o verso cedeu


14 de janeiro

Uma palavra, que eu alongo em todas as vogais
Melodia fluída
Feito a mornidão dos dias januários
Litoral norte, areia branca
O lugar é de ver ainda
Com os olhos desta vida
O som eu adivinho, as ondas indo e vindo
Desejo e arrebentação
Eu sinto teu rosto
Na umidade dos meus dedos
Eu, que sequei há tempos
Volto a este reduto temporário
E te espero
Vigo e suas cristas amenas
Irmãs da minha gratidão
Redondela e suas ruas íntimas
Tela Conde Corbal, o mar
Um surto, uma ilusão, tua mão
A vida é mesmo canção de amigo
Llena, llanto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

novembro musical

Sem alarde O memorial dos olhos quentes da mãe Nenhuma culpa História Os encontros soprosos. Dava gosto! Como tecer um p...