domingo, 19 de junho de 2016

Trigais de Santo Antonio






Ah, Santo Antonio Brasileiro,
Que me alenta o ano inteiro
Dá-me de comer o pão
Resplendente dos teus trigais.
Teu arado, luz da canção
Ceifa o Brasil de cinco anos
Mais uma penca de irmãos.
Quem terá o viço de crescer?
Anunciação de uma fortuna nova
Rezas melodiosas
E o povo cantar
Não pode ser verdade
que sejamos todos rasos,
E só queiramos divagar.
Ah, Santo Antonio Brasileiro,
Diz as palavras do Teu canteiro,
De dor, de cansaço,
De bordado, de fartura
e rosmaninho
As palavras de fé,
Levante! Louvação! Evoé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

verso bordado

Lá fora a luz do dia, baça. Tu me disseste qualquer desafeto, verso E foste embora sem adjetivo que se interpusesse. Eu, às...