sexta-feira, 31 de maio de 2013

Onze fitas

"o vento do inesperado
tu nunca ouviu falar?
e um vento que chega de surpresa
cheio de queixume
e muda tudo (...)
quando ele chega,
não fica nada em pé"...


Um comentário:

  1. Oi Liane!

    Lembranças do seu aluno Pedro. gostei do blog, tem poemas lindos! soh senti falta de videos/audios seus...

    Se quiser tiver curiosidade pra saber da minha viagem o endereço do meu é
    www.vivendoosimples.wordpress.com

    beijos e um abraco forte

    ResponderExcluir

novembro musical

Sem alarde O memorial dos olhos quentes da mãe Nenhuma culpa História Os encontros soprosos. Dava gosto! Como tecer um p...