quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Um bom dia

*Largo de Santo Antoninho, postado por Jorge Pinheiro, In Descobrir Portugal

Como todos os outros
hoje e dia importante.

Estou viva, estou agastada,
com os intestinos roucos,
mas viva.

Obrigada, Santo Antonio
pela possibilidade
de partilhar Contigo
as boas novas
e quinquilharias.

E bonito poder ajudar-nos
com pequenas coisas
como fotos.
Quem e esse Jorge, um humano... e me ajudou...
e me acolheu no zoom de seu largo...

Um bom dia do Ari... bom dia, Ari!

De ver mesa posta
e amigos alheios
em foto
quase que me entristeco
mas a vida e assim,
as vezes dispomos
mesmo
somente
de uma cancao antiga
ou plagiada
para oferecer
aquele que nem nosso amigo pode ser.

Ou quem sabe eu disponha
de um delicado toque na mao,
na passada da cuia.

Ontem senti saudades muitas do
Jose Carlos de Proenca.

Hoje quis encontrar minha mae,
de um jeito que faz tempo nao sinto.
Obrigada, Andre Luiz.

Pois e, voces dois, Proenca e Mae:

Espero que a morte os tenha recolhido nos bracos
E que voces ja tenham encontrado quefazeres
nos planos etereos.
Sei que voce ainda nao pode se chegar, Maria Carolina.
Mas eu estou aqui, so aguardando o momento de abraca-la.
Enquanto isso, canto para voce.

Que nos aqui vamo-nos ocupando
de prosa
de poesia
de prosalia
de prosapia
de ideias fixas
de desencantos
de encantos
de cantos

Que que eu estou fazendo aqui na Terra, Stella?
Estou tentando viver. O melhor, o suprahumano.
A condicao humana.
Voce nao sabe senhora, mas obrigada.

Se, por vezes, detesto estar nessa condicao,
humana,
e nela que estou por hora, detenta
atenta
com pipeta e erlenmeyer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

formosa rosa

                                                                             * do jardim da Thais Formosa Rosa brasileira um ci...