sábado, 19 de janeiro de 2013

Desejo impressionista


*google images, Claude Monet, Impressao, sol nascente.

Tenho dois despertares.
Um antes das 6. Acho curioso comparar os ceus dia apos dia,
gosto do silencio que antecede o canto dos passaros.
Minha meditacao nessa hora e ficar quieta diante da porta,
vendo o ceu por sobre os telhados vizinhos,
vendo os gatos bandidos que oportunamente encerram expediente
sobre as telhas. Vendo uma ou outra estrela, quando o ceu nao e cobre.
Sentindo os cheiros da madrugada ancia.
O outro despertar vem pelas 8e30.
O de hoje surpreendeu-me com mais uma cena de apocalipse.
Dessa vez eu estava em casa ampla, parecia que se organizava
festa de ano bom.
Olhei o ceu
e de um conglomerado de nuvens polpudas marrom acinzentadas
Angelus
vi cair, pendurado, algo como um pingente de pulseira,
corrente dourada e na ponta uma estrela. Parecia bijuteria barata.
E entao eles foram surgindo, soldados, magistrados, barrocos,
figuras da lei, humanos,
em circulo,
compondo aquela pulseira estranha, brega.
Dirigi-me para um tipo de dispensa,
com certo aperto no peito.
La havia caixas, guardados empoeirados.
Mexi num cesto onde nao havia nada
a nao ser plasticos velhos e sujos...
Eu procurava um abrigo ou coisa assim
ou nada, porque nao havia senao esperar...
Alguem entrou e disse
nao adiantar ficar ali
o evento ocorreria no dia seguinte...
Pessoas moviam carretas, caminhoes,
tencionavam pegar estrada.
Nao quero lhes falar hoje sobre leituras
estudos
projecoes
leis inexoraveis
pagas.
Em troca,
recorro a essa companheira
esplendida
que e a musica
oasis
libertacao,
ao primeiro compositor
a quem recorrro
quando as dificuldades
tornam-se tentacoes.
Recebi ouvidos de ouvir, por Deus.
Quero ficar mais um tempo aqui
na Terra
para ouvir,
mesmo que me custe
adentrar as humilhacoes e dores da velhice.
Quica para encontrar a formula
de producao dessa beleza dos tons.
Pena, o piano passou,
terei de voltar
e quem sabe se havera pianos, pena...
Indeleveis oportunidades de fazer musica
eu recebi tambem, por agora.
La tambem, onde estarei logo mais,
compondo,
pululam as tentacoes
provocando
a por tudo a perder.
Que essa imagem tosca
pintada de aurores
que compus pela manha
em sonho
configure para mim o sinal carmico
a que se referiu Andre
e que eu tenha disposicao e firmeza
para agir com consciencia responsavel
e mudar o meu destino.
Fernando, vontade de estudar.
Que venha Paulo.


do i ching: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ensaios

baú patrimônio  imemorial oxidação teus passos meus passos abstinência arco e chifre olhos plácidos camisa alva e p...