quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Avos


Gracas a Deus eu tive duas avos do bem. Elas tinham com elas a excelencia de ser humanas. Cada uma do seu jeito. Campesinas. Uma pratica. Outra culta. Levavam os seus homens nas costas. Uma lavava a roupa, lindo processo, que vivi de perto durante varios anos. A outra cosia roupa. Nao lembro disso.
E bacana pensar nessas coisas.
De uma das minhas avos eu ja venho falando ha algum tempo. Dona Maria Sebastiana, combina muito com o meu jeito, acompanhou minha adolescencia. Para essa eu ja compus cancao. Talvez a Dona Cicy fosse mais como essa querida avo do Julio, esteve perto na primeira infancia. Quase me viu morrer, la no meu sexto mes de vida. Mais seis anos e eu terei vivido o tanto que ela passou sobre a Terra no seu ultimo ciclo.
Essa avozinha do Julio ja me fez chorar algumas vezes. Pensei que Julio seria um lindo nome para filho meu.
Eu desejo pessoas perfeitas ao meu lado. Perfeitas feito Deus... se isso significar lutar com afinco para que eu atinja essa perfeicao, sem ferir qualquer ser, sem me ferir, ta tudo certo... estou ferida, demais... sinto muito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

formosa rosa

                                                                             * do jardim da Thais Formosa Rosa brasileira um ci...