quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Realidade e poesia


* foto de Daniel B. Tortora

O encontro com a realidade
afoga a poesia
ou alimenta a ironia
tao bem enredada por Machado de Assis...
como nao estou a cata
de escrever ou compor
algo devastador
mas honesto em seu vies Amos Oz
entao vou estudar a possibilidade
de construir um romance
com os cacos de tua persona fragil
estiolada no ultimo sabado
enquanto subiamos a serra
em divertido coloquio
foi-se teu casaco
tua patente
ate o meu sentimento foi-se.
Somos mais que personas
Gracas a Deus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

verso bordado

Lá fora a luz do dia, baça. Tu me disseste qualquer desafeto, verso E foste embora sem adjetivo que se interpusesse. Eu, às...