segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Migalhas, amor, dinheiro, um mundo de ressentidos

O tema e sempre simbiose, adicão,  não sai disso ainda
e só vou por as ideias no tabuleiro
para começar mais tarde o jogo, 
jugo 
analitico...

Perdulario -
Assina cheques a rodo pela mesma razão que o guloso não pára de comer ou que o alcoólatra não consegue resistir à primeira dose: gastar traz alívio e prazer. É por isso que, em todos esses casos, os períodos de depressão são os mais perigosos.
Uns gastam compulsivamente, outros não sabem lidar com os próprios rendimentos e há aqueles que odeiam o dinheiro.
 “O dinheiro me faz tão mal a ponto de eu querer me desfazer dele o quanto antes”, afirmou uma recém‐chegada. “Na verdade, preciso descobrir o que há em mim de tão ruim que não suporto.”
esbanjador
contumaz, nao caloteiro
gastar mais do que tem
moeda - um repertorio de futuros possiveis O(J.L.Borges) - ideia de potencial infinito (Georg Simmel) - dinheiro - fortalece o ego - aumenta a sensacao de poder - a sensacao de ser melhor do que se e
 “Assim como cada pessoa tem
sua caligrafia, seu jeito de se relacionar com os outros e seu modo de amar e odiar, a
relação de cada um com O dinheiro vai passar pelo filtro da sua maneira de estar no
mundo”, diz o psiquiatra paulista Rodnei Tabuada.
Dependencia psiquica - dificuldade com o metal - tornar-se financeiramente autonomo

levar os dias como ferias eternas
“Lá no fundo eu achava que ia
aparecer alguém ou acontecer alguma coisa para resolver o meu problema”


Sovina - 
 “O sovina provavelmente viveu num campo de concentração afetivo na infância, onde
o movimento de dar e receber amor e prazer não existia”, afirma a psicoterapeuta Djanira Ribeiro, de Brasília


“A idéia
errônea de que o dinheiro pode nos completar, dando‐nos aquilo que não temos”, nas
palavras do sociólogo escocês Nigel Dodd, da Universidade de Glasgow, autor de A
Sociologia do Dinheiro.


So para comecar o processo, eu trocaria a palavra dinheiro pela palavra amor numa das frases entre aspas acima e teria um bom comeco em direcao ao desespero completo, ou a cura.

"Nao precisa de dinheiro pra se ouvir meu canto
Eu sou canario do reino e canto em qualquer lugar"...

Afinal, identidade é um conceito estabelecido a partir do lugar social das pessoas, por seus objetivos e lutas, e uma grande soma de dinheiro pode destruir tudo isso.” 

auto-sabotagem - enquanto isso, o volume de atividades a principio burocraticas, que me levariam a um degrau acima, se embolam a direita da minha bancada, podem vir olhar...

a minha vida nao vale nada para mim... pena...

 “Boa parte das dívidas tem a ver com ressentimento. Por meio delas o devedor continua ligado a algo ou a alguém de quem, no fundo, sente raiva”, diz Patricia de Rezende Simao.

Um gatilho foi acionado nos ultimos dias e descarrilhou-me. Cade o topiramato, pozac era paleativo, mas o primeiro nao... cade, senhora...

Sinto muito leitores, eu nao precisarei montar um texto desse material para chegar a um veredito sobre a situacao. Porem, como sao milhoes as pessoas em situacao similar, vai ser interessante montar um artigo. Farei isso nos proximos dias.


  Migalhas - amor - dinheiro...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

formosa rosa

                                                                             * do jardim da Thais Formosa Rosa brasileira um ci...