sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Pequeno bilhete


 * google images


Querido, eu não poderia deixar de falar contigo nesta noite.
A imantação é tanta, que parece que te trago ao lado.
Estive contigo nas coxias, divertindo-me.
Era o meu momento de descanso,
eram as minhas férias.
Entendo-te e te admiro pela determinação,
já disse.
Porém, senti saudades.
E cantei tua parte.
1 a zero para nós.
Até breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

verso bordado

Lá fora a luz do dia, baça. Tu me disseste qualquer desafeto, verso E foste embora sem adjetivo que se interpusesse. Eu, às...