sábado, 17 de novembro de 2012

A passagem pela Terra e um dia na escola

* google images

Estou no orbe novamente, o clima ameno e ensolarado inspira.
My Lord S, ao que vi, esta bem.
Descansei com razoavel proveito de energias.
Estou pronta a viver mais este estagio das horas, ja quase a meio.
Cantarei, tarde adentro, procurando recordar a imagem
de belo halo pentatonico criado em prece, ouro roseo azul verde violeta,
que este circunde de alguma maneira a todos nos,
levando-nos a gradativa purificacao
e sintonia espiritual.
Como ensina Andre Luiz, em um de seus relatos,
a passagem na Terra e um dia na escola (Entre a Terra e o Ceu, p. 186).
Tudo nos e concedido aqui a titulo precario,
para aprendermos, entre tantas coisas
a renunciar
em especial ao excessivo apego a nos mesmos.
O carinho domestico e como sementeira,
cujos valores devem ser estendidos,
abracando a muitas pessoas...
Eu devo aprender a abrir mao
de amores,
tarefa dificil,
mas o que sei e que nao quero,
ao deixar meu corpo
criar uma caldeira de fogo
ao redor de mim
consumindo-me
por sabe-se la quanto tempo
a conta de ciumes...
e enquanto estou aqui, enciumada,
entorpecida pelas escolhas do outro,
meu corpo esfarela
em borbulhas gordurosas...
imagine o impacto da combustao
quando a explosao se der...
quero tornar-me o ser de luz
que devo ser... por hoje e so...
abraco a todos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

formosa rosa

                                                                             * do jardim da Thais Formosa Rosa brasileira um ci...