quarta-feira, 11 de julho de 2012

Dorme, tudo dorme

* do album de fotos de luiz neri


Dorme, tudo dorme
Santo Antonino da minha alma.
Abencoada seja a esperanca
de um olhar novo
sobre o amor.
Da-me inspiracao
para agir com o que e certo.
Obrigada pela delicadeza
dos labios feito rosas
dos ultimos dias.
Que eu os possa tocar com os meus,
sempre com pureza
entrementes o ardor que sinto.
Que assim seja.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

novembro musical

Sem alarde O memorial dos olhos quentes da mãe Nenhuma culpa História Os encontros soprosos. Dava gosto! Como tecer um p...