domingo, 29 de julho de 2012

Com a bencao de Sao Miguel Arcanjo


*descobrindo Portugal  - Igreja, pormenor - Povoa de Sao Miguel

Passei o dia tentando acalmar delirios, alucinacoes. Entre sonhos confusos, leituras e compulsoes.
Passei o dia olhando dois artigos e dois livros que me ofereceram dimensoes seguras de como abordar o tema afetividade na relacao entre musicos de um grupo. Estudar uma organizacao e o que faz as pessoas vestirem a camisa dentro dela pode ser um caminho interessante. Quero mais do que isso. Quero fugir do aspecto romanticoide que envolve falar sobre afetividade. Isso vem do pensamento cartesiano, do reducionismo.

Senti uma mudanca radical no comportamento dos rapazes lindos de doer, da Selecao Brasileira de Volei. Havia alegria ha alguns anos. Hoje, estranhei. Eles ganharam na estreia contra a Tunisia. Proximo embate e com os EUA. Ah, e lembrar que olimpiadas e mata mata. Pedeu, volta pra casa. Vi um pouco do futebol masculino tambem. Neymar. Nao sei o que dizer. Falta afetividade nessas duas companhias. Vi as mocas da ginastica brasileira. Uma delas, Ana Sofia, se assemelha de longe as favoritas. A Hipolito quase caiu, tal qual o irmao. As outras, nao sei. Falta leveza. E um esporte muito tenso. Precisa um corpo mais fluido. Falta sobriedade emocional. Tambem vi essa fragilidade nas norueguesas. Os saltos sao espantosos. Como voar. Vi esgrima, um jogo feio, sem a elegancia dos Mosqueteiros. A moca do tatame perdeu de uma coreana pela manha.

E assim passei o dia, em concentracao, em reclusao e silencio. Sem musica. Com o coracao aos pulos. Se fosse analisar com a frieza de um empresario, os riscos de ficar na empresa e o futuro oferecido sao efemeros... psicologicamente ausente, apaixonada, em delirio, vou seguindo os dias pela ribalta.

Viva Sao Miguel!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ensaios

baú patrimônio  imemorial oxidação teus passos meus passos abstinência arco e chifre olhos plácidos camisa alva e p...