domingo, 4 de março de 2012

Minimamente

Precisamos estar minimamente contentes.
Minimamente, entendem?
Um minimo de condicoes cotidianas
que permitam acesso ao intimo de nos...
Ruido, pressa, dificuldade de engajamento
Muito esforco para ser ouvido
Tudo isso desgasta demais
perturba demais
desvirtua as forcas.
Precisamos estar minimamente contentes.
Minimamente...
Certos da disponibilidade.
Isso e via de mao dupla, a disponibilidade.
Quando se acumula uma penca de offline,
o chao some, a vida se turva...
Necessario se faz que as minimas coisas
sejam realizadas sem por ques
sem senao.
E fazer e so. Fazer porque alguem
ficara minimamente contente.
Todos merecemos isso.
Eu te farei contente, todas as vezes em que tu me chamares
e tambem aqui, enquanto estiver em lista de espera,
na linha ocupada...
na ausencia...
e preciso ao menos dois para se estar mimimamente contente...
minimamente...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

formosa rosa

                                                                             * do jardim da Thais Formosa Rosa brasileira um ci...